domingo, 21 de março de 2010

Ausência



Ausência

Que fuzila 'alma,
Nas noites de luar.
Do barulho vibrante;
do teu confesso olhar.
Da voz suave doce.
Do véu da noite.
Ausência
Da tua lucidez
na hora da chama.
Do brilho da lua,
e tua nitidez.
O fulgor das sombras,
iluminar o nosso olhar.
Em pleno luar.
Autora:Marina Nunes
(direitos reservados á autora.)

21/03/1015:03:39

Um comentário:

Maria disse...

Ao navegar pela net, encontrei o seu "cantinho", simplesmente adorei.
Parabéns.
bjs
Maria