sábado, 7 de novembro de 2009

Enigmático Amor



Enigmático Amor


Faço uma reflexão ao meu coração.
Preciso de explicações concretas.
Dispenso o amor de mentiras,
Que deixe dúvidas em dilemas.
Não quero um amor obscuro, suspeito.
Que deixa-me engasgada, embaraçada.
Amor cheio de mistério enigmático.
Não quero ser amada de forma sinistra.
Com inquietude, receios, mal-estar.
Amor nervoso, apreensivo, medroso.
O meu amor é limpo, tem virtudes.
É amor absoluto, óbvio, real.
Tem doçura, todo encanto.
Se queres amar-me de verdade?
Roube-me um beijo, fascine-me,
Com toda doçura, e sinceridade.
Quero beber o néctar da felicidade.
Crer e sentir, que teu amor, é real.


Autora: Marina Nunes
Direitos reservados à autora

2 comentários:

antonio disse...

ola amiga condiz gostei imensso condiz muito com a realidade

EternaApaixonada disse...

Marina

Obrigada pelo carinhoso comentário em um dos meus blogs, a que você aderiu!

E me permita discordar do que escreveu:
..."é muito diferente eu não sei fazer essas coisas de blog!o meu é normal!"...

Menina, imagina se soubesse! risos
Adorei conhecer!
Você escreve muito bem, possui uma sensibilidade linda!
E além disso tem muito bom gosto! Seu blog é lindo!

Que bom recebê-la e me proporcionar oportunidade de aqui chegar!

Espero que possamos iniciar uma bela amizade!

Tenha uma semana tranquila, plena de inspiração e amor em seu coração!

Beijos

Helô Spitali